terça-feira, 30 de junho de 2009

como esqueçer?



Passaste o creme nas minhas pernas minuciosamente, e ver-te assim nu, ainda brilhante a tratar de mim faz-me perceber que sou uma grande felizarda.
Perguntas-me se está bem e eu beijo-te, porque nunca nenhuma palavra conseguirá exprimir este sentimento, esta vontade, este desejo, esta admiração, abraças-me e eu percebo que estás frio, te cubro, porque tantas vezes me acolheu, depois um gole de champanhe para apimentar e lá vou eu!

3 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

“O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.”

(Fernando Pessoa)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho.
Abraços


VISITE TAMBÉM O MEU NOVO BLOGGER UMA ILHA PARA AMAR

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Se cada dia cai, dentro de cada noite,
há um poço
onde a claridade está presa.
há que sentar-se na beira
do poço da sombra
e pescar luz caída
com paciência.

Pablo Neruda

Desejo um belo domingo e uma linda semana.
Abraços

Michelle Crístal disse...

Como esquecer o amor, amor que nos invade, que enlouquece,amor , que coisa boa, este que nos faz sentir!